Especialistas estão interpretando o movimento como o primeiro passo para a legalização das criptomoedas no Irã

O governo iraniano autorizou a mineração de criptomoeda como atividade industrial.

Uma reportagem da agência de notícias de propriedade da IIDO Mehr News, de 29 de julho, revelou que a decisão foi tomada neste fim de semana, durante uma sessão de gabinete do domingo comandada pelo presidente do Irã, Hassan Rouhani.

Primeiro passo para legalizar a cripto?

Agora que a mineração foi oficialmente autorizada, as entidades envolvidas na atividade deverão obter uma licença do Ministério da Indústria, Minas e Comércio do Irã, observa a reportagem.

A Mehr News afirma que muitos especialistas estão interpretando o movimento como o primeiro passo para a legalização das criptomoedas no Irã, observando o potencial uso da classe de ativos para compensar o forte impato das sanções dos Estados Unidos contra o país.

No entanto, a decisão do governo ressaltou que o uso de criptomoedas para transações domésticas continua ilegal e que os envolvidos na indústria devem assumir a responsabilidade pelos riscos sem qualquer garantia do governo ou do setor bancário local.

As taxas de eletricidade subsidiadas – atualmente a meio centavo de dólar por quilowatt – no Irã, supostamente até levaram os mineradores de centros de mineração como a China a realocar suas operações para o país, informou a Mehr News.

Uma postura em evolução em relação à mineração

Como o Cointelegraph relatou anteriormente, o Sindicato da Indústria Elétrica do Irã revelou recentemente sua intenção de elevar os preços da eletricidade para 7 centavos de dólar por quilowatt para os mineradores. As autoridades continuaram a debater como lidar com a crescente popularidade da atividade no país, com um ministro do governo afirmando que o Irã se tornou “um paraíso para os mineradores”.

Notícias de planos para autorizar a mineração com criptomoedas no país surgiram no início deste mês, quando Abdolnaser Hemmati, o governador do Banco Central do Irã, indicou que a Comissão Econômica havia aprovado a ideia em princípio e a apresentaria para uma discussão iminente pelo Gabinete.

A Comissão, de acordo com a declaração de Hemmati, defende que a “indústria de criptomoedas deveria ser reconhecida como uma indústria oficial no Irã para permitir que o país tire proveito de suas receitas fiscais e aduaneiras”.

As autoridades se concentraram na mineração não autorizada no início deste verão, confiscando cerca de 1.000 unidades de máquinas de mineração de duas fábricas agora extintas e cortando a eletricidade para as mineradoras antes do aumento planejado dos preços da energia.

Governo iraniano autoriza mineração de criptomoeda como atividade industrial