A participação dos representantes das empresas de tecnologia deve ocorrer na próxima reunião da Comissão Especial.

O Deputado Federal Expedito Netto, (PSD-RO) aprovou um requerimento para convidar grandes empresas para falar sobre Bitcoin e criptomoedas no congresso nacional, conforme aprovação publicada em 09 de outubro no site da Câmara.

Agora, representantes do Google (NASDAQ:GOOGL), Facebook, Linkedin, Baidu (NASDAQ:BIDU), Apple (NASDAQ:AAPL), Samsung, Intel (NASDAQ:INTC), Cisco, Tecent, Huawei e Amazon (NASDAQ:AMZN) podem comparecer no Congresso Nacional e contribuir com os debates para a regulamentação do Bitcoin no Brasil.

“Solicita-se que sejam compartilhados com esta comissão eventuais estudos em andamento ou finalizados, que enriqueçam o processo de discussão desta comissão com relação à como a legislação em construção pode ajudar a fomentar o desenvolvimento de novas tecnologias em nosso país e quais seriam os seus impactos. A participação dessas instituições é de extrema relevância na medida em que se busca assegurar que o país possa desenvolver novas tecnologias e se posicionar com protagonismo internacional, compatível com a importância geopolítica de nosso país, mas ao mesmo tempo, assegurando que a legislação não fragilize o controle e o combate à atividades ilícitas”, justificou o deputado.

A participação dos representantes das empresas de tecnologia deve ocorrer na próxima reunião da Comissão Especial, que debate o PL 2303/2015, marcada para 16 de outubro, contudo, tendo em vista a quantidade de requerimentos de Expedito Netto aprovados ainda não está claro como a Comissão irá tratar as diversas Audiências Públicas que aguardam realização.

Como noticiou o Cointelegraph, tendo em vista os requerimentos e suas justificativas o parecer do Deputado Expedito Netto, sobre o PL 2303/2015,, que ele afirmava que entregaria no final deste ano, pode ficar só para 2020.

Google, Facebook, Linkedin, Baidu, Apple, Samsung, Intel, Cisco, Tecent, Huawei e Amazon falaram sobre Bitcoin no Congresso Nacional