Forex de Criptomoedas: Entendendo os pares de negociação com criptomoedas e como funciona.

Mergulhar no mundo da criptografia é extremamente intimidante, especialmente quando você está lidando com um assunto que é naturalmente complexo.

Você não apenas tem que lidar com as complexidades de entender a tecnologia por trás das criptomoedas, mas também terá que lidar com a dificuldade em conhecer os meandros da troca de criptomoedas.

Goste ou não, quem quiser entrar no mundo da criptografia deve ter uma compreensão básica de como negociar.

Por quê? Porque se você quiser possuir criptomoedas, você deve saber como comprar ou vender em uma troca, quais fatores devem ser observados e como gerenciar suas moedas, entre outras coisas.

Antes de entrar nos detalhes, é importante entender a visão geral do processo de negociação das criptomoedas:

Estágio 1

O primeiro estágio implica comprar a moeda base do mundo das criptomoedas, o Bitcoin usando sua moeda física de preferencia como o Dólar ou Real.

Existem mais de 1.200 criptomoedas, nas quais todas essas criptomoedas só podem ser compradas usando Bitcoin e não podem ser compradas usando sua moeda física de preferencia. É por isso que o Bitcoin é considerado a porta de entrada para o mundo da criptomoedas e, portanto, uma moeda base para o Forex de Criptomoedas. Este estágio converte sua moeda fiduciária (moeda de papel) na moeda base criptografada.

Algumas exchanges permitem que você compre Ethereum e Litecoin usando sua moeda física de preferencia. Portanto, ETH e LTC também seriam considerados como moedas base ao lado do Bitcoin. Na verdade, ETH e LTC são ainda mais preferidos, pois os tempos de confirmação são muito mais rápidos e são muito mais baratos de transferir.

O Estágio 1 exige que você abra uma troca de criptomoedas que aceite sua moeda física de preferencia (por exemplo, BRL, USD, CAD, GBP, EUR). Na maioria das vezes, as trocas locais de criptomoedas não oferecem uma grande variedade de moedas para negociar, e essa é a principal razão para comprar com moedas padrão do mercado como USD.

Se o seu único objetivo é comprar e manter uma criptomoeda base como o BTC, ETH of LTC, então o Estágio 1 é suficiente. Se você quiser comprar outras criptomoedas além destas 3, prossiga para a Etapa 2. Deve-se notar que em ambas as fases, você não deve armazenar suas moedas em uma exchange, mas sim em uma carteira privada que você controla, para proteger suas criptomoedas com segurança.

Estágio 2

Supondo que você esteja planejando comprar outras altcoins além de BTC, ETH ou LTC, você deve entrar no Estágio 2.

Esse estágio exige que você abra uma conta nas exchanges que aceita apenas depósitos em criptomoedas.

Ao contrário da troca de criptografia no Estágio 1, a troca de criptografia no Estágio 2 NÃO aceita moeda fiduciária ou sua moeda física de preferencia.

Você só pode usar a criptomoeda base que comprou no Estágio 1 – BTC, ETH ou LTC – para comprar quaisquer outras altcoins. Aqui está a lista de diferenças entre uma troca de aceitação fiduciária (Estágio 1) e uma troca de aceitação de criptografia (Estágio 2).

Compreendendo os pares de negociação de criptomoedas

Depois de entender o processo de negociação da criptomoeda, é hora de mergulhar mais fundo na mecânica dos pares de negociação de criptomoedas e como ela funciona.

Estágio 1

No estágio 1, a criptomoeda base do BTC, ETH ou LTC que você comprar será cotada em sua moeda física de preferencia.

Isso é simples, pois você estará ciente do valor das criptomoedas que está comprando com sua moeda física de preferencia.

Por exemplo, se o preço atual do Bitcoin for de USD 20.000 e você estiver planejando comprar USD 1.000 em Bitcoin, você receberá 0,05 BTC por seus USD 1.000.

Se o preço de um Bitcoin subir 50% para USD 30.000 cada, então seu BTC também aumentou em 50%, valorizando assim seu BTC 0,05 a um ótimo USD $ 1.500.

Você obteria um lucro de USD 500 se vendesse todo o seu BTC e retirasse seu investimento.

Estágio 2

Este é o passo mais complicado; Compreender a relação do par de negociação ao comprar altcoins usando BTC (ou ETH / LTC) como sua moeda base. Como você não pode comprar altcoins diretamente das trocas da Estágio 1, o preço das altcoins não é cotado em com sua moeda física de preferencia. Aqui está um exemplo:

Neste exemplo, veremos o criptomoeda Monero (XMR) / Bitcoin (BTC) ou simplesmente XMRBTC.

Em outras palavras, estou usando o BTC para comprar o XMR.

O preço de um Monero é cotado em BTC ao invés de USD.

Seu preço atual de 0,025 simplesmente significa que com ele você compra 0,025 BTC para comprar 1 XMR.

Este “preço” é apenas uma razão entre o valor de BTC em relação ao valor de XMR (o valor em USD do BTC foi de USD 14.800 enquanto o XMR foi USD 370, o que dá um rácio de 0.025).

A razão pela qual isso pode ficar complicado é que estamos acostumados a comprar coisas atreladas à nossa moeda física de preferencia, e identificar as altcoins que queremos comprar com a BTC exige que você saiba o valor da BTC em USD naquele momento específico, bem como valor de XMR naquele momento específico.

Como reconhecer seus ganhos?

Seguindo o exemplo acima, existem duas maneiras de monitorar seus ganhos (ou perdas):

1. Valorizando suas moedas em USD

Quando você usa o seu 0,025 BTC para comprar 1 XMR, monitore o valor em USD do seu XMR.

Isso significa valorizar seu XMR apenas no valor em USD, facilitando o cálculo de seus ganhos.

Existem muitos aplicativos e recursos que permitem que você faça isso, e o Coin Market Cap é um recurso popular:

Então, se o seu XMR aumentar para USD 500 no futuro, você sabe que você fez USD 130 com seu investimento inicial de USD 370, dando a você um ótimo retorno de mais de 35%.

Valorizando suas criptomoedas em uma criptomoeda base

O objetivo principal de valorizar suascriptomoedas usando uma criptomoeda base (mais comumente BTC) é aumentar o número de moedas que você possui.

Seguindo o exemplo acima, se você comprou 1 XMR usando 0,025 BTC e o preço (ou proporção) de XMR / BTC aumenta para 0,030 em algum momento no futuro, isso significa que seu XMR aumentou em 20%.

Isso também significa que você pode comprar 20% a mais de Bitcoin usando seu XMR.

Se você decidir vender seu XMR para BTC, você terá 0,03 BTC, o que representa 20% a mais do que quando você começou com 0,025 Bitcoin.

E assim, você aumentou o número de criptomoedas que você está de investindo!