Site da campanha da brasileira aceita cinco tipos de criptomoedas.

Uma pré-candidata a uma vaga na Câmara dos Deputados dos Estados Unidos em 2020 está a aceitar doações em criptomoedas. Trata-se da brasileira Agatha Bacelar, uma engenheira e designer formada pela Stanford University, que vai concorrer contra a porta-voz e atual deputada Nancy Pelosi.

Ela serviu na Emerson Collective and Democracy Earth e destaca que o futuro e a liberdade econômica economia vale a pena ser vividos agora e todos deve m ter acesso.

De acordo com o site de campanha da brasileira, ela aceita doações em cinco tipos de criptomoedas, incluindo Bitcoin (BTC), Ether (ETH), Bitcoin Cash (BCH), Litecoin (LTC) e USD Coin (USDC).

Agatha pretende obter a sua indicação para ser candidato democrata pelo 12º distrito da Califórnia nas eleições primárias que ocorrem em 3 de março de 2020. Até agora, sua campanha levantou US$ 5.000 em uma meta de US$ 1 milhão. Ela afirma que o objetivo é igual ao valor das ações de Pelosi no Facebook.

Pelosi representa São Francisco no Congresso há 31 anos. Como presidente da Câmara, ela exerce influência significativa no processo político norte-americano e recentemente defendeu uma investigação de impeachment do presidente Donald Trump.

A brasileira criticou o nível de conhecimento tecnológico da Câmara de deputados, argumentando que apenas 3% dos membros têm alguma experiência em ciências, tecnologia, engenharia e matemática.

Agatha tem 27 anos de idade e reside na cidade de San Francisco.

Brasileira aceita criptomoedas para campanha a deputada estadual em 2020